O PAPEL DO ESTADO NO CONTEXTO DA APROPRIAÇÃO DOS CERRADOS E DA URBANIZAÇÃO NO ESTADO DE GOIÁS

Bruno Carneiro Oliveira

Resumo


Visando à expansão de fronteiras econômicas, o Estado brasileiro promove políticas desenvolvimentistas com o propósito de integrar regiões não desenvolvidas, em relação ao Sudeste do país, ao circuito nacional desde o início do século XX. Os Cerrados se inserem nesse processo de apropriação que tem o Estado como indutor de ações e a iniciativa privada como difusora de investimentos. Tratamos as políticas de intervenção nos Cerrados a partir da década de 1950 e seus reflexos nos processos de urbanização em Goiás por meio de revisão bibliográfica e interpretação de dados secundários. O trabalho elucida a percepção das ações do Estado e dos atores econômicos diante do contexto de planejamento para a apropriação dos Cerrados.

Palavras-chave: Cerrados; Estado; Urbanização; Apropriação; Goiás.

 

ABSTRACT

Aiming the expansion of economic frontiers, the Brazilian State promotes development policies by the goal of integrating non-developed regions, in comparison to the Southeast of the country, to the national circuit Since the beginning of the 20thcentury. The bushlands are inserted in this process of appropriation in which the State is a inductor of actions and the private initiative as diffuser of investments. We treat about the policies of intervention in the bushlands from the decade of 1950 and their consequences in the processes of urbanization through bibliographic review and secondary data interpretation. This paper shows the realization of the actions of State and economic actors in face of the planning context for the appropriation of the bushlands.

Keywords: Bushlands; State; Urbanization; Appropriation, Goiás.

 

RESUMEN

Discurriendo sobre la expansión de las fronteras económicas, el Estado brasilero promueve políticas de desarrollo con el propósito de integrar las regiones no desarrolladas, en comparación con el sudeste del país, el circuito nacional desde el comienzo del siglo XX. Los Cerrados se insertan en ese proceso de apropiación que tiene el Estado como promotor de las acciones y la iniciativa del sector privado como un difusor de inversión. Tratamos las políticas de intervención en los Cerrados a partir de la década de 1950 y sus reflejos en los procesos de urbanización en Goiás por medio de revisión de la literatura e interpretación de datos secundarios. El trabajo clarea la percepción de las acciones del Estado y actores económicos ante el contexto de planificación para la apropiación de los Cerrados.

Palabras clave: Cerrados; Estado; Urbanización; Apropiación, Goiás.


Palavras-chave


Cerrados; Estado; Urbanização; Apropriação; Goiás.

Texto completo:

PDF