TECENDO DISTINTOS LAÇOS FAMILIARES: AS RELAÇÕES DE COMPADRIO DOS ESCRAVOS DO BARÃO ALFENAS – FREGUESIA DE SÃO TOMÉ DAS LETRAS DO TERMO DE BAEPENDI-MG. (SÉC. XIX)

Juliano Tiago Viana de Paula

Resumo


Neste trabalho pretendo examinar como foram tecidas as redes de compadrio dos escravos que mais apadrinharam crianças no Distrito de São Tomé do Termo de Baependi. Estes mancipios pertenciam a Gabriel Francisco Junqueiro, o Barão de Alfenas, proprietário da maior propriedade escravista da região. Assim examinaremos como estes cativos se ascenderam de distintas formas nesta grande unidade produtiva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.